terça-feira, 21 de setembro de 2010

BELIEVE

EDIÇÃO PORTUGUESA: não existe
AUTORA: Victoria Alexander
EDITORA: Avon
ANO: 1998
PÁGINAS: 373

A lenda Arturiana sempre fascinou escritores, desde a era Medieval até aos dias de hoje. Noções como lealdade, honra e coragem nasceram aí. Em BELIEVE, Victoria Alexander pega na lenda e dá-lhe um twist moderno.

Tessa St. James é professora de Literatura Grega numa universidade norte-americana não especificada. Ela é uma mulher extremamente frontal e racional, que não acredita em mitos, magia ou amor. Ela é especialmente céptica em relação à lenda Arturiana, descartando qualquer hipótese de veracidade. Como não será difícil de adivinhar, depressa verá que está errada, pois o feiticeiro Merlin transporta-a para a mítica Camelot. O seu objectivo é fazê-la acreditar no amor e, com esse objectivo, dá-lhe uma missão: tem que ajudar Galahad, um dos cavaleiros da távola redonda, a encontrar o Graal, ou não poderá nunca mais voltar ao seu tempo. Como uma mulher do século XXI, Tessa tem dificuldade em adaptar-se à idade média: aos seus costumes, roupas, forma de falar e, sobretudo, àquilo que ela considera ser machismo. E as pessoas que a rodeiam também têm dificuldade em adaptar-se a ela, especialmente Galahad, que fica muito curioso em relação a esta mulher tão peculiar, com uma forma de falar e comportamento estranhos. Conforme se vão conhecendo, vão-se entendendo e a atracção inicial transforma-se em amor. Têm também que lidar com os vilões da história: Viviane, a mulher de Merlin, que deseja deixar a Idade Média e voltar ao mundo moderno e Mordred, o filho de Artur, que quer ocupar o lugar do pai.

A premissa deste livro não é propriamente original, mas não deixa de ser interessante. Apesar de ter alguns problemas com a heroína, as outras personagens são bastante interessantes. Gosto da forma como a autora utiliza a lenda Arturiana, tendo o cuidado de manter a fidelidade mas, ao mesmo tempo, fazer as mudanças necessárias à história.

Gostei de BELIEVE, é uma boa história com comédia, drama e alguma acção. Gostaria muito que alguém adaptasse este livro ao cinema.

CLASSIFICAÇÃO: 7/10

"When the peril is naught save illusion,
When the infidel comes to the fold,
When the offering can be no greater
Then the truth shall be revealed
and that which each man seeks shall be his."

Sem comentários: